Cesáreas no Brasil

Quantas dessas cesáreas são indesejadas e desnecessárias?

 

Enquanto a Organização Mundial de Saúde aponta que um limite de até 15% de cesáreas seja uma porcentagem segura, o Brasil teve 55,61% de cesáreas durante o ano de 2012.
Quantas dessas cesáreas foram desnecessárias e indesejadas?
Quantas dessas cirurgias provocaram morte, morbidade e prematuridade?

 

 

De acordo com a Professora Doutora Carla Andreucci Polido da UFSCar:

 

1) Em 8.026.415 mulheres submetidas a um parto vaginal ou a uma cesariana, a taxa de mortalidade perinatal na cesárea foi : 2,4 vezes maior que no parto vaginal. 

"Neonatal Mortality for Primary Cesarean and Vaginal Births to Low-RiskWomen: Application of an ‘‘Intention-to-Treat’’ Model. MacDorman et al., BIRTH, 2008"

 

2) Coorte prospectiva (WHO Global Survey) com 97.095 nascimentos.

Na cesariana ocorreram: 

4 a 5 vezes mais chance de antibioticoterapia

2,3 vezes mais chance de morbidade materna na cesariana eletiva

3 a 5 vezes mais taxa de mortalidade materna

4 vezes mais chance de histerectomia

2 vezes mais chance de internação na UTI ou internação de mais de 7 dias

"Maternal and neonatal individual risks and benefits associated with caesarean delivery: multicentre prospective study, Villar et al., BMJ, 2007."

 

3) Estudo em 24 países, com 373 instituições de saúde e 290.610 nascimentos: mulheres submetidas a cesarianas apresentaram 5,93 mais chances de morbidade grave.

"Caesarean section without medical indications is associated with an increased risk of adverse shortterm maternal outcomes: the 2004-2008 WHO Global Survey on Maternal and Perinatal Health. Souza et al., BMC, 2010"

 

4) O aumento na taxa de cesariana > 10% não teve impacto sobre as taxas de mortalidade materna, neonatal e infantil. Uma taxa de cesariana de nível população acima de 10-15% não é justificada do ponto de vista médico. 

"Searching for the Optimal Rate of Medically Necessary Cesarean Delivery.Ye J1, Betrán AP, Vela MG, Souza JP, Zhang J., BIRTH Abril 2014"

 

5) Brasileiras PREFEREM cesariana??

A grande diferença nas taxas de cesarianas no Brasil é devida a um grande número de cesarianas indesejadas na saúde suplementar. Potter et al., BJOG, dez 2001Médicos da saúde privada no Brasil com frequência convencem suas pacientes a agendar cesarianas por motivos inexistentes ou irreais. Potter et al., BIRTH, dez 2008

 

© 2015 | Rede Parto do Princípio

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round